Nascerá o sol da justiça! Por Pe. Francisco de Assis Wloch

(Primeira Leitura da Missa do 33º Domingo Comum: Malaquias 3,19-20) Os que nos introduziram na fé, passaram a certeza inabalável do amor infinito de Deus. Mas a vida parece sugerir o contrário. Já não tivemos a impressão de que Deus protege corruptos e maus, deixando no sofrimento pessoas retas? Esta impressão está presente no povo…