Quem sou eu para julgar? Por Pe. Iseldo Scherer

A parábola do fariseu e do publicano normalmente desperta em não poucos cristãos uma grande rejeição para com o fariseu que está diante de Deus arrogante e seguro de si mesmo, e uma simpatia espontânea para com o publicano que humildemente reconhece o seu pecado. Paradoxalmente, o relato pode despertar em nós este sentimento: “Eu…

Veja mais

O difícil tempo da paciência! Por Pe. Francisco de Assis Wloch

Neste domingo, o vigésimo nono do tempo comum, e no próximo, Jesus é apresentado como Mestre da Oração. Ensina que devemos rezar suplicando incansavelmente para que Deus nos atenda. As leituras bíblicas falam da oração de súplica, com três características: confiança, paciência e insistência. Só temos coragem de pedir algo a alguém quando confiamos que…

Veja mais